Sábado, 10 de Julho de 2010

Bolhas de Sabão

Quero acreditar que o MUNDO ainda gira em torno do que vale realmente a pena, quero poder acordar e ver alguém do meu lado, quero sair de um beco sem saída e ter alguém que me estenda os seus braços, quero ver um SORRISO cada vez que deixo de acreditar que tudo na vida tem um sentido, quero sentir sempre algo presente na minha VIDA, caminhar por caminhos incertos rumo ao infinito!

 

 

Querer tudo isto é o que está certo?


Está certo ver a FELICIDADE à minha maneira, fora do meu próprio alcance?


É certo ver e não ter?


Ver e não poder?


Querer e não dever?


 

Queria que surgisse na minha VIDA, sem pressas, mas também sem atrasos demasiados ao ponto de ainda sentir mais a falta do que ainda não tenho, mal posso esperar por ver o mundo do outro lado, com um sabor propício de um momento, com a ternura de umas PALAVRAS ditas como bolhas de sabão, puras e brilhantes ao sabor do vento, queria ver a paz nos olhares, a alegria dos sorrisos.

 

 

Quero que alguém venha ao meu encontro, e me diga “CHEGUEI PARA NÃO MAIS SAIR”, quero poder rir sem um sentido lógico para isso, quero poder dançar ao som do vento, quero acreditar que na vida há uma segunda oportunidade para tudo, há uma segunda hipótese para se ter sorte, para se ser feliz, para poder dizer palavras soltas que no fim até têm sentido, um sentido nosso, um SENTIDO UNO!

 

 

 

 

MUSTACHO

 

 

publicado por butiamadreamer às 17:50
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De self.portrait a 2 de Agosto de 2010 às 12:17
ooooh meu ser deprimente :p


De Anónimo a 3 de Agosto de 2010 às 09:19
serei sempre o teu ser deprimente


Comentar post

.mais sobre mim

.posts recentes

. ...

. Depois de...

. Principezinho

. Bolhas de Sabão

. ...

.arquivos

. Junho 2011

. Maio 2011

. Julho 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010